A FORÇA DO RELACIONAMENTO DE CASAL

Um casal que olha para o relacionamento de forma mais consciente tem mais força para seguir, ser bem sucedido e experimentar mais felicidade.
Cada parceiro ou cônjuge traz em seu psiquismo toda a influência do seu grupo familiar de origem. Isso é natural e funciona assim mesmo. O que precisa ser feito é um processo de desvinculação de hábitos ou costumes antigos para serem construídos novos no relacionamento a dois.
Cada um precisa tomar no coração seus pais biológicos, sem cobrar deles mais do que eles possam dar, com suas qualidades e pontos a melhorar. Não há pessoas perfeitas, portanto, não existem pais perfeitos.
É preciso que, para fortalecer cada vez mais o casamento, haja um respeito genuíno entre os parceiros no que se refere aos relacionamentos anteriores de cada um. Respeitar, nesse caso, é aceitar de forma amadurecida que antes houve outra relação e que quanto mais respeito houver, mais leveza o atual relacionamento terá. Não julgar e não comparar é básico, nessa questão.
Se o casal perder filhos, sejam abortos ou por outras razões, é fundamental que os parceiros respeitem, juntos, essa adversidade e vivenciem com muita clareza essa perda, tenham – juntos – a vivência do luto. Fazer de conta que isso não aconteceu, ou, pior, um deixar o parceiro se sentir sozinho diante de tamanha tragédia, pode gerar efeitos nocivos para o relacionamento conjugal.
A força do relacionamento de casal é preservada e potencializada se, quando decidir adotar filhos, isso for feito com postura de profundo respeito aos pais biológicos dos adotivos e que jamais nenhuma adoção seja feita para compensar questões do casal ou resolver carências dos dois ou de um dos parceiros.
A força do relacionamento do casal pode ser mantida ou multiplicada se os parceiros decidirem não ter filhos ou não puderem tê-los, porém, escolherem causas nobres, sociais, humanitárias ou uma obra que beneficie pessoas, em geral. Isso engrandece o casal e o faz sentir-se conectado com o movimento da vida.
O relacionamento de casal, independentemente da sua modalidade tem muita força. Cada parceiro pode realizar mais porque conta com o outro, sua energia somada à energia da pessoa que tem lugar especial no coração transforma-se numa vigorosa onda de poder que, bem dirigida e bem cuidada, tornará a passagem por esta vida uma maravilhosa experiência de superação dos desafios e se colocar inteligente e amorosamente a serviço da Vida!
Um casal que olha para o próprio relacionamento descobre rapidamente a força presente nessa união e recebe um impulso que lhe abre os olhos da alma e o eleva para uma nova e poderosa compreensão do propósito que o tomou e o conduz! (Texto: Aluísio Alves: Psicanalista, Terapeuta Sistêmico, Doutor em Educação Médica. Desenvolveu e disponibiliza atendimento em Constelação Familiar, exclusivo para o casal).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *