A Constelação Familiar e as transformações na vida de uma Jovem cheia de talentos

“Uma amiga falou sobre um Workshop de Constelação Familiar que aconteceria em Campinas e eu achei muito interessante, mas justamente no dia que estava marcado, eu não poderia participar porque estaria em outra cidade. Só que no dia anterior ao evento, tive uma discussão com a minha irmã que é minha sócia em nosso Stúdio e também com a minha mãe, sobre uma cirurgia plástica no nariz que havia agendado para os próximos dias.
Senti que essas discussões um dia antes do Evento de Constelação Familiar não era mera coincidência e me esforcei ao máximo para ir ao Wokshop no dia seguinte, o que eu consegui fazer.
Cheguei e já havia começado, assisti a Constelação de cada participante, um aprendizado de vida para mim. Incrivelmente havia uma pessoa que constelou um problema na sociedade com o irmão também, situação parecida com a minha e eu fui escolhida para representar o irmão da pessoa que estava constelando. Fui ajudar e acabei sendo muito ajudada.
Minha Constelação foi a última. Na hora pensei em falar sobre minhas profissões, mas mudei de ideia e decidi abordar as dificuldades com minha irmã (sócia) e minha mãe. Mas o Aluísio constelou também a minha questão profissional e foi surpreendente! Ele escolheu três pessoas que representaram as minhas profissões: Personal Trainer, Bailarina e atriz. E para ser o meu representante ele escolheu um homem, uma pessoa que não tinha nenhuma ligação com artes, assim não sofreria nenhuma influência. Como estava muito tarde, meu representante se queixou de cansaço e disse não se lembrar quais as profissões que as pessoas estavam me representando, ou seja, ele representou sem intenção nenhuma. Quando ele era colocado a ficar próximo ao personagem que representava Personal Trainer ele sentia cansaço, peso… na personagem bailarina se sentia melhor, mas havia uma inquietação e na personagem atriz ele se sentia confiante, radiante e feliz.
Nos dias seguintes após a minha Constelação, quando ia para o meu Stúdio atender como Personal, sentia exatamente o peso descrito pelo homem que me representou na Constelação. A mesma sensação. Realmente forte! Sem vontade de dar aulas, saía do trabalho com o corpo esgotado.
Passado alguns dias, fui fazer a minha cirurgia do nariz, o que considero ter sido um divisor de águas em minha vida, um fechamento de ciclo. Há 13 (treze) anos quebrei o meu nariz e na época não tinha recursos para operar, cheguei a ir em alguns médicos mas não sentia segurança com nenhum. Conversando com uma amiga do teatro, ela me indicou um cirurgião e quando cheguei na consulta, senti muita segurança no trabalho dele e ainda descobrimos que somos primos. Seria coincidência também? Acho que não.
Como dentro de mim sentia que estava encerrando um ciclo, cheguei até a pensar que poderia vir a falecer durante a operação, mas por incrível que pareça isso não me assustava, pelo contrário, estava segura, serena e tranquila.
Durante a cirurgia, em efeito de anestesia, tive uma experiência incrível! Fui para um Hospital em outra dimensão e lá tive contato com meus ancestrais. Alguns eu não sei dizer quem eram, outros pareciam mais jovens e eu tinha certeza: Era a minha família. Eles fizeram um semi-círculo e se comunicavam comigo por telepatia, usavam outras línguas, mas eu entendia tudo o que diziam. Neles havia uma imagem colorida em forma de DNA, disseram que era uma parte deles que representava a arte que nunca exporam por vários fatores. Com essa informação, eles reverberavam a palavra coragem e me empurravam para frente, me dando forças.
Senti vontade de ficar com eles, era tudo tranquilo e me trazia paz, mas eles não deixaram. Pediram que eu voltasse e buscasse o que eles não fizeram aqui. Quando voltei da anestesia, o sentimento era de uma gratidão gigantesca. Minha vontade era abraçar cada um que estava naquele quarto: meu pai, a enfermeira, a equipe médica. Tudo correu perfeitamente e a minha mãe fez questão que eu passasse a recuperação na casa dela e ainda se divertiu muito cuidando de mim.
Lembro que no dia da Constelação Familiar, o Aluísio falou sobre pedir benção aos nossos pais e avós. Sempre fiz isso, mas pouco tenho visto meus avós, tentei melhorar esses encontros depois da Constelação e inacreditável, eles me abençoaram sem eu falar ou pedir nada”.

Depoimento: Priscila Junqueira Leite, Campinas/SP – Personal Trainer, Atriz e Bailarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *