COMPREENDENDO MELHOR O UNIVERSO DA CURA

A alma tem aspectos muito surpreendentes e que escapam ao entendimento racional e à visão convencional da Vida.
Invariavelmente, todas as pessoas a quem tenho a alegria de atender estão em busca de solução e cura para as mais variadas questões. Alguns buscam cura para vida material e querem mais prosperidade; outros, para os relacionamentos amorosos; outro tanto de pessoas precisa de solução para a saúde física ou psicológica porque por mais que se tratem na medicina convencional, não alcançam resultados satisfatórios; diversos seres precisam de uma profunda conexão no mundo espiritual para lhes clarear os caminhos e alargar a percepção da existência…

O surpreendente é que muitas pessoas, na hora mais importante, em que podem receber uma intervenção mais refinada para algum tipo de cura e solução do que lhes aflige o corpo, a alma e o espírito, se autossabotam e se colocam na postura de não merecerem tal benefício, de uma cirurgia espiritual, por exemplo. Sempre fiquei intrigado com esse estranho movimento interno de muita gente. Quais as razões para uma pessoa se sabotar inconscientemente para manter sua vida adoecida ou sem prosperidade?

Obviamente, cada caso é específico e tem causas muito particulares, entretanto, o ponto comum é que existem almas que, em determinado momento, simplesmente, rejeitam a cura.

Quando me deparo com tal situação, é preciso o uso de conexões mais eficazes para acessar os arquivos internos da alma que se fecha para que a solução ou cura seja realizada em pontos mais profundos do ser. Isso significa ir além das técnicas convencionais e usar veículos mais refinados para viajar até o universo que é cada alma e seus mistérios. Se a cura não for operada em níveis sistêmicos mais sutis, na superfície do emocional e do corporal pouca mudança acontecerá.

Portanto, é preciso compreender melhor a dinâmica da cura e das soluções que a alma precisa porque há aspectos que escapam às publicações sobre esse tema e não são estudados ou ensinados no ambiente acadêmico da pesquisa e do conhecimento tradicionais, vão muito além.

Nas oportunidades que tive de receber algo de parte da sabedoria ancestral junto a grupos indígenas de diferentes regiões, o que mais me encantou foi a visão muito mais profunda e, ao mesmo tempo, mais pragmática em relação ao campo da cura e cujos resultados nem sempre vem pelo simples fato de ter a informação, mas da capacidade do agente de cura fazer conexões refinadas com a Força que a tudo conduz. Desejo-lhe profundo autoconhecimento e que você seja abençoado com todas as curas e soluções de que precisar em todos os setores da sua Vida! (Aluísio Alves: Psicanalista, Constelador Familiar, Terapeuta Sistêmico).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *