CONSTELANDO SINTOMAS E DOENÇAS

A pessoa, as doenças e as dinâmicas ocultas familiares estão ligadas e quando isso é trazido à consciência, abre-se um caminho de cura, facilitando a atuação do profissional da saúde e potencializando os resultados positivos.

Poderia citar a qui centenas de casos de doenças solucionados durante a constelação individual e em grupo, porém, penso ser mais produtivo ampliar a percepção do que, de fato está por trás deste método de cura da alma e que tem repercussões importantes na saúde das pessoas.

O que mais acontece é que a pessoa não olha para a raiz do sintoma e muito menos as abordagens convencionais fazem isso, daí é transformador quando podemos unificar as forças da abordagem sistêmica e os avanços das ciências da saúde tradicionais. Todos ganham e as soluções vem de forma muito rápida, algumas, inclusive, instantaneamente. Constato na prática quase diária que, para compreender, solucionar e curar sintomas e doenças é preciso verificar mais do que a própria vida individualmente; é decisivo abarcar as vinculações desses incômodos no tecido transgeracional da família, ou seja, verificar a queixa ou sintoma da pessoa contextualizada com a história do grupo familiar de origem.

Amigos terapeutas, médicos e outros agentes de cura tem me encaminhado pessoas que precisam de um alívio ou da cura por meio da constelação dos sintomas e das doenças porque se dão conta de que há algo maior a ser tratado do que somente do paciente. A constelação das doenças e dos sintomas é uma poderosa ferramenta para que a pessoa se harmonize com seu passado, sua história e a história dos seus antepassados. Ao ampliar o cenário em que adoece, a pessoa traz à consciência a chave para solucionar o que a incomoda. Toda semana, para minha alegria de servir neste caminho de desenvolvimento e cura integral, recebo ricos depoimentos de inúmeras soluções, alívios e curas dos que constelaram sua saúde.

Isso explica parte da contraditória questão em que mesmo com o desenvolvimento e a superespecialização dos sistemas convencionais de saúde, existem aspectos humanos que não se deixam abarcar pelos procedimentos tradicionais e sistematizados. A alma pede muito mais para sair de forma consciente dos sofrimentos que se irradiam pelo corpo e cujas raízes podem estar longe de onde os processos e protocolos atuam. O segredo é unificar todas as abordagens para que os resultados sejam efetivamente percebidos pelos que procuram mais bem estar e qualidade de vida.

Quando a pessoa constela sintomas e doenças que a incomodam, algo muito profundo se move trazendo a solução e a cura para que siga cumprindo suas tarefas cotidianas e, mais do que isso, encontre alegria e força para descobrir e exercer sua missão na existência! (Aluísio Alves: Doutor em Educação Médica, Psicanalista, Terapeuta Sistêmico, Constelador Familiar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *