COMO AJUDAR ANTEPASSADOS, MEMBROS ATUAIS E DESCENDENTES DA SUA FAMÍLIA

O pertencimento dos integrantes de um grupo familiar não se limita ao tempo presente, ou seja, antepassados, membros atuais e descendentes estão ligados por laços indestrutíveis.

Muitos problemas, doenças, vícios, comportamentos, etc, são transgeracionais, passam de uma geração para outra, caso não seja feita alguma intervenção adequada ao que precisa ser resolvido.

Quando uma pessoa, generosamente, se dispõe a encontrar seu lugar no grupo familiar, ao mesmo tempo em que resolve seus próprios problemas, cura seus ancestrais e isola o perigo de se transmitir às gerações seguintes os mesmos emaranhamentos.

Tudo o que a pessoa é tem uma forte influência dos ancestrais, para o que é positivo e para o que é nocivo. O sucesso, por exemplo, que alguém alcança, deve ser oferecido como homenagem aos antigos do clã familiar, reconhecendo que se eles não tivessem feito os esforços que fizeram, o membro atual, não teria as bases para o êxito na vida pessoal e profissional. A gratidão aos antepassados deve ser mais do que uma obrigação, mas, algo leve e prazeroso de se reconhecer e vivenciar com alegria.

Estranhamente, por amor, alguns descendentes seguem os antigos em seus problemas, sejam de saúde física ou mental, depressão, pânico, fobias, compulsões e outros males que os afligem e que, aparentemente, não tem solução. A boa notícia é que tem solução sim. Quando um integrante da família busca curar sua própria vida, estará ajudando a curar antepassados e a evitar que os males passem para as gerações seguintes.

Ao atender pessoas individualmente ou em grupo, o que mais presencio é a alegria que vem à alma quando a libertação de tantos fardos pesados acontece para quem busca a cura e a solução com profunda reverência e respeito aos grandes mistérios da vida. Por exemplo, o mistério do nascimento, da doença e da morte: o quanto são impenetráveis pela mente humana, mas que, ao serem respeitados com atitude adulta, trazem as forças necessárias à cura integral.

Pessoas libertas de traumas, pensamentos nocivos e destrutivos passam a viver mais integradas à grandiosidade da vida, soltam as amarras dos relacionamentos amorosos, livrando-se do que as destroem e abrindo um caminho novo para quem quer um amor verdadeiro, por exemplo.

Mas, ainda tem muito mais quando se busca ajudar os antepassados, honrando-os e homenageando tantas pessoas generosas que formam a base de tudo que o grupo familiar é atualmente: mais prosperidade material, emocional e espiritual, mais felicidade nas relações de amizade, mais força para enfrentar as doenças e desafios da vida, inspiração para educar os filhos, serenidade para resolver questões que diariamente atacam as pessoas. Tudo isso porque antepassados, membros atuais e os descendentes estão ligados por laços indestrutíveis. (Aluísio Alves: Doutor em Educação Médica, Psicanalista, Terapeuta Sistêmico, Constelador Familiar).

One thought on “COMO AJUDAR ANTEPASSADOS, MEMBROS ATUAIS E DESCENDENTES DA SUA FAMÍLIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *