PROJETOS ABANDONADOS E DESISTÊNCIAS REPETITIVAS: COMO SE LIVRAR DESSE CICLO?

Saber o que quer não é suficiente, é preciso fazer acontecer; eis aí um dos maiores empecilhos para o sucesso na vida pessoal e na carreira profissional.

Quando se faz um balanço sobre a administração do tempo e da dedicação a projetos pessoais e profissionais, vê-se com clareza o quanto abandonamos planos ou nem sequer os desenhamos bem e o vício da desistência sem colocar o esforço necessário para romper com as resistências e obstáculos. O saldo nem sempre é positivo. Jogamos nossa vida fora por não detalhar nossos projetos e cuidar deles com dedicação e persistência e por desistir ao nos depararmos com os primeiros obstáculos. Isso nos afasta e retarda alcançar um padrão de resultados que nos façam sentir bem-sucedidos.

Quantas promessas nos fazemos e, poucos dias depois, nos encontramos pensando, sentindo e fazendo exatamente o contrário? Quanto nos prometemos não repetir e, lamentavelmente, pouco tempo após, nos vemos fazendo exatamente as mesmíssimas coisas?

Para quem está determinado a progredir, o primeiro passo é assumir sua vida e transformá-la num projeto. Ter grandes sonhos é importante, mas, se não forem transformados em projetos, com metas e objetivos claros, viram pó e somem no ar. Assumir a vida é ter postura de adulto, sabendo que enfrentará barreiras e dificuldades, principalmente, dentro de si: pensamentos negativos, mania de pensar pequeno, sentimento de pouca autoestima, crenças que limitam suas possibilidades, enfim, vencer-se é inevitável.

O mais preocupante é que um número imenso de pessoas está mergulhado na inconsciência, dormindo e se iludindo numa espécie de arrogância, “esperando” que algo aconteça e lhes carregue até o sucesso que tanto desejam em pensamento. Essa não é postura de adulto, é postura psicológica de um bebê que precisa ser carregado por alguém.

Para escapar desse ciclo é preciso esforço, não há soluções mágicas; quem acredita que terá a solução sem esforço, torna-se um fortíssimo candidato a enganar-se e a ser enganado por promessas de “facilidades”. A vida real não tem lugar para a falta de esforço porque tudo, desde os seres microscópicos até os maiores conjuntos de galáxias estão em movimento, por quê alguém acredita que só ela não precisa se movimentar, colocar energia na vida pessoal e profissional? Bem, é a arrogância, mas, sobre isso, tratarei em outro momento. Aqui nos interessa descobrir como se livrar do ciclo de abandonos de projetos de vida e das desistências repetitivas.

A solução é: adotar postura de adulto, reverenciar no coração os pais e, com decisão clara e firme, fazer o que precisa ser feito. Assim, será encontrado pelo sucesso porque é assim que acontece com quem se coloca sem ilusões e com ações concretas nesse caminho de crescimento integral. (Aluísio Alves: Doutor em Educação Médica, Psicanalista, Terapeuta Sistêmico, Constelador Familiar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *