ALEGRIA E PRAZER DE VIVER (Cure-se e seja mais feliz)

Mesmo que você não saiba definir felicidade, sabe muito bem descrever o que é viver sem alegria e sem prazer.

Os dias atuais, tão corridos e de pouquíssima reflexão, são cenários em que a alegria se tornou muito rara, alegria aqui significa vibração com a vida, sentir leveza e perceber a beleza nas coisas grandes e nas pequenas. Alegria é um estado muito poderoso de espírito cada vez mais raro.

O prazer se tornou algo rápido, de curta duração, abrindo espaço para o tédio, a mesmice e uma melancolia sem motivos aparentes que domina cada vez mais a um número maior de pessoas. Prazer tem sido muito mais uma busca do que uma realidade nos dias atuais. Muito estresse, atividades profissionais que parecem nunca ter fim e uma avalanche de informações que cresce exponencialmente, ocupando nossas cabeças e fazendo-nos pensar e sentir que a vida não permite alegria e prazer. Tudo monótono e sem graça. Alegria e prazer tem sido algo como relâmpagos!

Quero dizer para você que uma pessoa sem alegria e sem prazer de viver não vive, apenas se arrasta dia após dia, cumprindo obrigações como se fosse um robô, uma sombra que vagueia pelo mundo sem brilho e sem desfrutar da vida e do mundo. Comparativamente, uma árvore só produz folhas, flores e frutos se estiver muito bem conectada com suas raízes para receber da Terra todos os nutrientes e elementos dos quais precisa para continuar vivendo e para passar seu legado adiante, que são suas sementes. Se uma árvore tem suas raízes decepadas, não recebe o que vem da Terra e, portanto, não produz a seiva para repassar para seus membros… Uma pessoa que está sem alegria e sem prazer de viver precisa curar sua vida e isso significa reconectar-se com suas origens familiares. Ao fazer um movimento de alma para ligar-se amorosamente aos seus ancestrais, a pessoa floresce e tem força para viver e passar a vida adiante em forma de seu trabalho, do seu amor e do seu prazer de ser e fazer. Sem prazer e alegria, a vida é só uma fina camada de sensibilidade, é necessário fortalecer-se por meio das raízes para que experimente as cores mais fortes que a vida tem para oferecer.

Muitas pessoas a quem atendo se sentem profundamente renovadas e com mais alegria e prazer de viver a partir do momento que se abrem para receberem uma cura profunda em suas almas. Para mim é uma emoção muito forte ver gente se livrar de obrigações que não lhe cabem, amores não correspondidos, a ingratidão de tantos e uma certa impotência para encarar seus medos e inseguranças. Para ter a vida curada é preciso que a pessoa permita que isso aconteça. O restante da dinâmica é a própria vida e a Providência Maior que fazem acontecer.

Olhe-se com a mais pura atenção e dê a si próprio o melhor cuidado. Assim, perceberá o que de fato precisa para ter mais alegria e prazer de viver e verá com muita clareza o que precisa tirar ou aumentar em sua vida. Isso é ter uma vida curada e leve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *