QUE TIPO DE SEMENTE VOCÊ ESTÁ PRONTO PARA RECEBER?

As pessoas que me conhecem de perto sabem que uma das minhas paixões é plantar e manter contato direto com a terra.

Aprendo muito com esse bom hábito. Gosto de conhecer sementes, épocas certas para plantar, podar e colher. Tudo, verdadeiramente, tem um ciclo natural e se desrespeito isso, pouco germina, floresce e muitas vezes nem produz frutos.

Conosco é muito semelhante, porém, por exercitar a razão e a vontade, seguidamente, nos negamos a observar certas leis naturais e, claro, os resultados não são bons e acabam nos trazendo profundas frustrações. Um exemplo disso é no tratamento dos medos e fobias, das relações familiares e sociais, na saúde física e emocional e na carreira estudantil ou profissional: como se fossem “terra falante”, pessoas “exigem” que lhes sejam entregues algumas sementes para as quais não tem os elementos necessários para a germinação, florescimento e frutificação. Antes de lançar a semente no jardim ou no campo, é preciso analisar o solo e, caso seja necessário, corrigir a terra, tirando-lhe ou acrescentando-lhe alguns elementos. Somente terra tratada e adequada para receber a semente tem a força plena para fazer a vida explodir.

Mas, aí entra um desafio muito forte: tem gente que se vai antes de ser tratada, de reduzir sua acidez na vida, de acrescentar algum substrato fundamental para que produza sem se enfraquecer. Nem todos aceitam isso. Aceitar um tratamento eficaz e tarefa para guerreiros destemidos que confiam e seguem os movimentos de alma necessários.

Do outro lado, o semeador fez muito esforço para adquirir sementes maravilhosas, investiu tempo, viagens, separações de familiares, dinheiro e anos de paciência para ter nas mãos o que é buscado por muitos e que tem o poder de, silenciosa e misteriosamente, germinar e transformar a terra e trazer flores, frutos, tronco firme e sombra abundante. Por isso, o semeador não lançará as sementes em terra que não está pronta para recebê-las.

A palavra humildade traduz muito bem o que precisamos fazer para nos tornarmos prontos para receber as sementes pelas quais nossas almas anseiam desesperadamente. Humildade lembra húmus, terra; somente quem se curva pode aproximar sua cabeça da terra. Coluna que não se dobra não toca a testa no chão. E tratar significa rasgar, raspar falsas cascas de feridas que escondem uma infecção e tudo isso é dolorido… o tratamento pode doer mas, gera uma nova terra em que as sementes de alta qualidade germinam e dão fruto.
Por isso é que desafio a olhar para dentro, encarar suas atitudes e sua forma de se relacionar com a vida e responder à seguinte pergunta: que tipo de semente você esta pronto para receber? (Aluísio Alves: Doutor em Educação Médica, Psicanalista, Terapeuta Sistêmico e Constelador Familiar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *