O PODER DA PACIÊNCIA

A pressa tem sido a grande dificuldade para muitos conseguirem viver com qualidade e sentido.

Como é sabido, a natureza não dá saltos, tem ritmos perfeitamente metrificados e que precisam ser respeitados para que a vida siga sua maravilhosa trajetória, mas, saber disso também não tem resolvido porque tentamos viver como se não fizéssemos parte da orquestra da vida e nos entrincheiramos em falsas ideias que adoecem nossos corpos, almas e espíritos.

A paciência tem um poder muito grande e para experimentá-lo é preciso praticar. A paciência é irmã da serenidade e da perseverança. Posicionar-se mentalmente é uma decisão, ou seja, a pessoa tem que querer cultivar uma mente paciente. Ser paciente não significa ser passivo e ficar sem fazer nada apenas esperando o tempo passar. Ao contrário, por ser uma atitude mental, exige força de vontade e vigilância constante.

Para ter a cura de que tanto precisa, é necessário exercitar a paciência.
Para se relacionar com pessoas, situações ou desafios, é preciso praticar a paciência.

Para que qualquer resultado venha, é preciso perceber o tempo, o ritmo necessário para que a semente jogada na terra brote, floresça e produza o fruto. Não existe outra alternativa. Quando se desrespeita essa ordem, tudo fica mais pesado e perdemos nossa energia pessoal. O poder da paciência é necessário para vencermos nossas paixões, ou seja, nossas crenças cegas em ideias que enfraquecem nossas vidas.

O poder da paciência nos permite esperar e perceber o tempo correto para agir; o momento para confiar na Providência Maior.

Paciência tem poder de compreender a si mesmo, no tempo certo;
poder de esperar que as coisas sejam resolvidas, no tempo certo;
poder de serenar a mente enquanto ao seu redor tudo parece desabar;
a paciência tem poder e você somente saberá o que isso significa quando começar a praticar a paciência consigo, com os outros, com a sociedade e com Deus. Afinal, as coisas não acontecem ou se resolvem magicamente só para atender nossos desejos ou desesperos. É preciso vivenciar o poder da paciência.

Paciência durante os sofrimentos impostos pela vida, escassez gerada pela nossa falta de planejamento e ação, recuperar a confiança dos outros, tratar, curar e cicatrizar as feridas abertas na alma e no corpo… o poder da paciência é um grandioso recurso que só passa a existir para quem a pratica, dia após dia… suportando as intempéries da vida e as desarmonias do mundo é que nos fortalecemos para seguir adiante com otimismo responsável e confiança amadurecida na Força que a tudo conduz. (Aluísio Alves: Doutor em Educação Médica, Psicanalista, Terapeuta Sistêmico e Constelador Familiar)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *