ENTRE O EXCESSO DE INFORMAÇÕES E A AUSÊNCIA DE OBJETIVOS NA VIDA

Entre o excesso de informações e a ausência de objetivos na vida existe uma realidade fundamental: você.

Se você se posicionar no lugar que lhe pertence, terá o equilíbrio e a força necessária para estabelecer objetivos e criar as estratégias para conquistá-los, entretanto, por ser bombardeado por toneladas de informações, você acaba ignorando que tem raízes e passa a viver como se fosse um balão de gás em mãos de crianças distraídas.

Isso é apenas uma ilusão causada por ignorar a maior e mais preciosa informação: a de pertencer a um grupo e ter uma linhagem cuja história vem de muito longe.

No mar de informações em que está submergido, o ego se identifica com aquilo que lhe faz se sentir grande e falsamente poderoso e é aí que a pessoa corre o risco de viver outros objetivos e não aqueles de sua alma. Vamos dar exemplos: alguém que se coloca como guia de outras pessoas quando, na realidade, não dá conta nem sequer de cuidar da própria vida. É preciso repetir o comentário do Mestre Jesus: “cegos guiando outros cegos”; outro exemplo é o oposto: uma pessoa que se coloca passivamente em posições inferiores empurrado por sentimentos de inadequação ou autoimagem negativa. Aqui é outro caso típico em que o Ser se encontra fora do seu lugar e lhe falta honrar mais seus antepassados assumindo posições mais ousadas na vida.

O que você quer? A resposta a esta questão é fundamental para você escapar da inutilidade e da futilidade do que circula no mundo para focar os reais objetivos da sua essência, daquilo que lhe trará mais prazer de viver ou, poderia dizer de forma mais correta ainda: por ter prazer de viver, escolhe se esforçar para se realizar plenamente na sua posição correta no mundo.

Deixo aqui algumas perguntas visando a sua reflexão seguida de ações:

– você aceita fazer um jejum de informações vazias, selecionando apenas o que lhe fará crescer?
– Você tem disposição para olhar com objetividade para a posição mental que ocupa em relação aos outros na família e fora dela?
– Você pode parar agora ou em seguida e escrever quais são suas prioridades na vida?

Entre o excesso de informações e a ausência de objetivos na vida está você. Pense nisso e descubra como ser você de verdade porque não adiantará em nada sua evolução e nem melhorará o mundo se você passar sua vida sem cumprir os propósitos pelos quais está aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *