A GRATIDÃO E SUA FUNÇÃO NA EXISTÊNCIA

Tudo o que existe e percebemos e mesmo o que não percebemos, tem uma razão de ser. Nada nesse Universo é em vão e, ao contrário da banalização que está havendo atualmente com a gratidão, porque fala-se e escreve-se exaustivamente sobre gratidão e isso tem um efeito contrário: acaba desgastando a força e a função da gratidão na existência.

Quero pontuar para você a gratidão em relação às muitas pessoas que de uma forma ou de outra fazem parte das nossas vidas. Vou citar apenas algumas para ativar a sua memória e mais do que isso, quero despertar no seu coração, uma atitude inteligente de gratidão e o beneficiado, sem sombra de dúvidas, será você que passará a praticar ainda mais.

A gratidão aos ancestrais: gente que nós nem imaginamos como viveu, como permaneceu no mundo e como atravessou as dificuldades.

A gratidão ao pai e a mãe que são pessoas muito cobradas e exigidas por nós.

Gratidão aos irmãos: mais velhos, mais novos, os que já morreram ou que foram natimortos, os abortados espontaneamente ou não. Todos merecem a sua gratidão.

Gente muito próxima da sua família, amigos íntimos que têm ou que tinham uma função muito semelhante a um familiar: a um padrasto ou pai do coração, a uma madrasta ou mãe do coração, todos, sem exceção merecem a sua gratidão. Por que não gratidão aos médicos e outros profissionais de saúde que socorreram você em algum momento? Ao motorista, ao policial, ao faxineiro, à costureira, aos seus professores, ao desconhecido que ajudou você em algum momento, aos amigos que já passaram pela sua vida e os que permaneceram.

Aos colegas da escola, de trabalho e por fim gratidão pela vida que vem de uma fonte maravilhosa, atravessou seus antepassados e chegou até você por meio da sua mamãe e do seu papai. A gratidão tem uma função e essa função é de solucionar e curar.

Pratique mais a verdadeira gratidão! (Aluísio Alves: Doutor em Educação Médica, Psicanalista, Terapeuta Sistêmico e Constelador Familiar)

One thought on “A GRATIDÃO E SUA FUNÇÃO NA EXISTÊNCIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *