CURA DA RELAÇÃO COM O DINHEIRO E PROSPERIDADE

CURA DA RELAÇÃO COM O DINHEIRO E PROSPERIDADE

O conjunto de crenças que tem acerca do dinheiro e da prosperidade é que determina seus resultados na vida.

O dinheiro é cercado por falsas crenças e, por assim dizer, crendices que limitam drasticamente a relação das pessoas com a prosperidade e o bom uso das coisas materiais.

Antes de prosseguir com este estudo, pare e se pergunte o que pensa a respeito do dinheiro? O que é o dinheiro? Como é sua relação com os recursos materiais? Você se considera próspero?

Sem um autoexame para verificar a forma como se relaciona com o dinheiro, será inútil prosseguir porque as várias disciplinas que podem trazer muita prosperidade e fluxo continuo da abundância passa, antes de tudo, pela cura da relação com essa energia incrível e pouco compreendida. Além dos já conhecidos condicionamentos mentais dados pela forma como foi educado, tais como considerar o dinheiro como algo sujo ou que somente tem dinheiro quem é desonesto ou, ainda, que só quem tem sorte acumula dinheiro, existem aspectos muito mais profundos e que, na maioria das vezes, são desconhecidos ou desconsiderados, mantendo a pessoa num ciclo quase interminável de dificuldades para lidar com o dinheiro. Isso significa que a relação com o dinheiro é doentia e precisa de cura para que os caminhos da prosperidade e da abundância se abram para o buscador.

É preciso acrescentar que o mantra mais repetido atualmente é a palavra crise. Dispensa comentários porque, embora seja um fator que impacta a vida de todos, mesmo assim, muita gente está prosperando e crescendo financeiramente.

Uma falsa crença, aparentemente positiva é a de que precisa fazer algo completamente diferente do que faz para ter mais dinheiro e prosperar. Enquanto fica iludida com essa ideia, a pessoa não age e, pior, ainda perde o foco do que já sabe fazer muito bem.

Outra armadilha é a de apenas focar em obter mais dinheiro, numa corrida sem fim, esquecendo-se de revisar como usa o dinheiro e os demais recursos materiais de que dispõe. Todos conhecem o antigo ensinamento de que o dinheiro exige respeito e “não aceita desaforos”, portanto, antes de buscar mais dinheiro, é fundamental olhar com seriedade para a relação que tem com o dinheiro. E aqui cabem muitos outros alertas: o respeito ao trabalho dos outros na hora de pagar por serviços, qualquer desonestidade ou intenção de prejudicar ou menosprezar o dinheiro que irá repassar para outros profissionais, atrairá fracassos para quem o faz. Não importam os valores, afinal, como ensinou o Mestre Jesus: “”Quem é fiel no pouco, também é fiel no muito, e quem é desonesto no pouco, também é desonesto no muito”. Impor preços aos serviços de outros profissionais é um grave erro e um sinal claro de que quem faz isso tem problemas na relação com o dinheiro.

Tenho aplicado muitas ferramentas de prosperidade e cura da relação com o dinheiro que vão muito além do que habitualmente se conhece porque aprendi a duras penas a lidar com o mundo material e, por mais contraditório que possa parecer, num primeiro momento, está completamente ligado ao mundo emocional e à dimensão espiritual. Os resultados tem sido maravilhosos. E, se muitas pessoas tem conseguido prosperidade e abundância financeira, por quê você aceitaria uma situação diferente em sua vida? (Aluísio Alves: Doutor em Educação Médica, Psicanalista, Terapeuta Sistêmico e Constelador Familiar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *