ABRINDO OS CANAIS DA SOLUÇÃO E DA CURA

Vivemos tempos em que as pessoas são estimuladas a acumularem cada vez mais e isso acontece do ponto de vista material e também nos níveis mais sutis da emoção e da espiritualidade.

O acúmulo de informações e os acessos livres a tudo o que se quer tem gerado exatamente o oposto do que todos precisamos: muito adoecimento e frustração porque muitos se tornaram escravos do movimento de acumular coisas, informações e buscar em diversos caminhos as soluções que precisa. Parece ser estranho, porém, é assim que tem acontecido. Por ter muito e diversificadas informações e opções, as pessoas ficam presas na superficialidade e não desenvolvem a percepção para enxergar o que é sutil, delicado e tecido com as forças da alma e do espírito. Tornam-se, paradoxalmente, insensíveis para o que é essencial. Diferente de ser uma crítica, este breve estudo é um alerta e um convite para que mais pessoas se desapeguem do que é excesso e se dediquem ao que é primordial, para viverem de forma mais leve, sem necessidade de tantas doenças em suas almas.

Meu foco é a alma porque é lá que tudo começa no que se refere a adoecimentos e problemas que se materializam na vida da pessoa, seja no aspecto das relações, do dinheiro, da saúde física ou emocional. Tudo começa na alma, portanto, se queremos solução e cura, precisamos abrir os canais da alma. E como fazer isso?

Abrir os canais da solução e da cura é algo que necessita mais do que conceitos, cursos, certificados ou instrumentos cirúrgicos. É preciso habilidades perceptivas que são dadas e jamais compradas ou aprendidas em livros. O agente de cura é um instrumento, um mediador, visto que as curas e as soluções são realizadas por meio dele e ainda exige o querer ardente de quem busca. Nem sempre as pessoas querem desobstruir os canais para serem curadas porque permanecerem no sofrimento lhes trazem algum tipo de vantagem secreta. O agente de cura sintonizado com as sutilezas da alma, ajuda o buscador a despertar para, em seguida, tocar exatamente nos pontos em que a alma está presa, o que pode estar num passado distante, no seu grupo familiar de origem ou pode estar em algum momento mais próximo, na própria história recente do buscador. Somente quem tem o olho de águia para curar percebe essas sutilezas.

Tenho presenciado, há muitos anos, muita solução e cura que acontecem durante uma conversa em que, sem perceber, o buscador é envolvido amorosamente numa atmosfera terapêutica profunda e misteriosa, para em seguida, sentir os efeitos de limpeza e leveza em sua alma. Isso é abrir o caminho para a solução e a cura. E muitas pessoas ao serem envolvidas nessas conversas terapêuticas amorosas e respeitosas, incontrolavelmente, choram, colocam para fora muitas e muitas toneladas de repressões e ressentimentos acumulados e aí abrem-se os caminhos para a cura.

Espero, sinceramente, que você se desapegue do acúmulo que carrega em sua vida e silencie a mente para ouvir e perceber as sutilezas da sua alma porque é lá que deve ser tocado para solucionar seus problemas que tanto o oprimem e o enfraquecem, é na sua alma que devem ser abertos o canais para a solução e cura que você e seus familiares precisam. (Aluísio Alves: Doutor em Educação Médica, Psicanalista, Terapeuta Sistêmico e Constelador Familiar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *