POR QUÊ ESTOU VIVENDO A VIDA QUE NÃO QUERO?

Ao olhar para si e para os resultados que tem conseguido na vida pessoal e na carreira profissional, não é raro a pessoa descobrir que está vivendo um roteiro que não desejou e se pergunta: por quê estou vivendo a vida que não quero?

Quando confirma que não está fazendo da própria a vida o que, de verdade gostaria, existem, pelo menos, duas alternativas: a revolta consigo e com o mundo ou uma reflexão mais profunda para descobrir os motivos disso.

Se, mesmo inconscientemente, optar pela revolta, frustração e pelo vitimismo, certamente, amargará ainda mais a vida que já está numa situação crítica; caso escolha buscar as origens para o seu estado físico, emocional e espiritual, tem uma grande oportunidade de ampliar o autoconhecimento e restabelecer a motivação e a força para viver uma nova história.

Por saber que isso não é tão simples de se fazer, que exige determinação e persistência, este breve estudo aponta algumas soluções que poderão ajudar a quem está se perguntando por quê está vivendo a vida que não quer.

Quando nascemos carregamos conosco muito do que veio dos ancestrais, tanto na parte genética quanto na dimensão da alma com todos seus complexos processos conscientes e inconscientes. Herdamos muito do que já estava presente na vida dos antepassados e, raramente, temos conhecimento disso. Agimos movidos por forças que desconhecemos, sobretudo, as que vem na história familiar. Antigos segredos de família ainda afetam os descendentes. Heranças que vem passando de geração para geração ainda tem força destrutiva para muitos no campo da prosperidade. Sintomas e doenças se repetem sem terem evidências clínicas, deixando sem ação profissionais da medicina convencional. Repetições de padrões de vida, com quebras financeiras, separações, vícios, problemas que afetam os descendentes, mas, cujas origens se perdem na história antiga da própria família de origem.

Como resolver tudo isso?
A atitude de se abrir para olhar para o incômodo que é estar vivendo de forma completamente diferente do que gostaria é o passo inicial e transformador para quem busca dias melhores. Não existem soluções mágicas e que não exijam esforços.

Quando a pessoa se abre para compreender e está disposta a agir a partir do que passa a entender, a vida que deseja começa a ser algo palpável, algo muito mais concreto do que ideias e desejos, mas, sim, uma imensa oportunidade de ser e fazer mais e melhor.

Por que alguém está vivendo a vida que não quer? Certamente, por ainda falta viver a vida que verdadeiramente quer e merece. A resposta, por mais óbvia e simplista que pareça, traz uma percepção capaz de trazer solução, cura e uma energia nova para seguir adiante com mais prazer e alegria de viver.

Tenho atendido a centenas e centenas de pessoas de todas as idades, de todas os credos religiosos, níveis de escolaridade e financeiros diferentes, orientações sexuais diversas, ramos de negócios e profissionais variados… e fico muito feliz ao ver que cada pessoa que admite honestamente que está vivendo uma vida que não quer, acende dentro de si uma fogueira que ilumina, aquece e queima os sentimentos e pensamentos equivocados que nutria e encontra muita solução. Ver essas transformações alegram meu coração e fortalecem meus passos neste Caminho de Crescimento e cura integral.

Saia da inércia e escape da teia sem fim dos pensamentos que não param de massacrar sua cabeça. Aja e busque solução. (Aluísio Alves: Psicanalista, Doutor em Educação Médica, Constelador Sistêmico, Executive Coach, Treinador Comportamental).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *